Uma câmera na mão e um breve conhecimento na cabeça. Ou quase isso...

Parafraseando Glauber Rocha:"Uma câmera na mão e um breve conhecimento na cabeça". Ou quase isso.../Desde Fevereiro de 2015.

terça-feira, 21 de julho de 2015

LEILÕES DA FESTA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO DOS HOMENS PRETOS DE CHAPADA DO NORTE MG

Na Terça Feira (5º dia da Festa de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos de Chapada do Norte MG) acontece na casa do rei à primeira noite de leilões. Uma mesa de madeira é arrumada em frente à casa que o rei está realizando a festa, embaixo de uma espécie de barraca sob uma lona amarela. Carnes, quitandas, queijos, doces, vinhos e prendas compõem a mesa de leilões, entre outras guloseimas. Um leiloeiro pega um dos pratos da mesa e vai passando entre as pessoas e aquele que dá o maior lance fica com o prato. No dia seguinte uma Quarta Feira o leilão é na casa da rainha seguindo os mesmos procedimentos. Na Quinta Feira o leilão é novamente na casa do rei e na Sexta Feira na casa da rainha. Atualmente na Festa de Nossa Senhora do Rosário são realizados cinco noites de leilões, uma noite no rei e outra na rainha a partir da Terça Feira. No Sábado do Mastro acontecem dois leilões ao mesmo tempo, um na casa do rei e outro na casa da rainha. Os leilões acontecem sempre após o encerramento das novenas, por volta das 20 horas. Tanto o rei como a rainha recebem ajuda de muitos amigos na preparação dos pratos durante o dia do seu leilão. Mas também é necessário contratar pessoas para cozinhar, preparar pratos, e realizar demais serviços de cozinha. Depois da Festa tanto o rei como a rainha acertam os valores combinados com os contratados. Os festeiros também fazem compras de produtos alimentícios e de limpeza em mercearias e açougues para servir para as pessoas que estão ali trabalhando e também para as visitas. Essas despesas são pagas após o término da festa. A Banda Filarmônica Santa Cruz faz a animação dos leilões, sendo que no Sábado eles tocam nos dois leilões. Um pouco em cada um. Antigamente eram realizadas nove noites de leilões, mas hoje são apenas cinco noites. Antes do início dos leilões os reis enviam cartas convidando pessoas da comunidade chapadense para serem mesários, ou seja, pessoas que estão ali para arrematar alguns dos pratos da mesa. Pessoas da comunidade recebem cartas pedindo leilões e muitos vão até a casa dos reis levarem carnes e outros tipos de leilões para serem levados para a mesa. Os leilões são uma grande fonte de arrecadação para os festeiros, e são fundamentais para que o rei e a rainha possam arcar com as despesas assumidas na realização da festa. Na mesa uma ou duas pessoas exercem a função de secretaria anotando quem arrematou, o valor, se pagou na hora ou se irá pagar depois.  Essas mesmas pessoas colocam no produto arrematado uma etiqueta com o nome para identificar o dono. Os leilões são também um momento de confraternização onde as pessoas interagem, brincam , bebem doses de licores que são servidos e até disputam de forma saudável pratos que estão na mão do leiloeiro. Tudo com a boa intenção de ajudar os festeiros e contribuir para que a Festa de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos de Chapada do Norte MG continue mantendo sua tradição!





































Fotos: Maurício Costa